China usa cobre no ar condicionado de ônibus coletivos para inibir doenças

Medida tem como objetivo reduzir o potencial de propagação desses organismos na população, devido ao grande fluxo de pessoas nestes pontos de circulação de massa

Dupla de engenheiros fará volta ao mundo em carro elétrico
Chineses avançam em projeto de construção de mega ferrovia no Brasil
Engenharia do futuro: ônibus chinês traz solução curiosa para as grandes cidades

Os ônibus públicos da capital chinesa Xangai, estão adotando o uso de aparelhos de ar condicionado com componentes fabricados com ligas de cobre, na tentativa de controlar a propagação de bactérias, vírus e fungos que podem ocasionar doenças respiratórias.

Esse tipo de meio de transporte é o principal meio de locomoção de Xangai. A população urbana passa aproximadamente 8% do dia viajando de ônibus, ou seja, cerca de uma hora e meia.O cobre e suas ligas, como latão e bronze (denominados ‘cobre antimicrobiano’), foram instalados em hospitais, escolas e centros de transporte além de superfícies de contato frequente, como maçanetas, corrimãos, torneiras e interruptores.

O Centro Municipal de Xangai para Controle e Prevenção de Doenças (SCDC) realizou testes entre 2010 e 2012. Vários ônibus operando em horários e locais semelhantes foram equipados com fios e radiadores de cobre e alumínio e o nível de contaminação foi monitorado.

O centro descobriu que os níveis de micróbios em superfícies de cobre foram muito menores comparados às superfícies de alumínio, reforçando os resultados recém-publicados de uma pesquisa semelhante realizada nos EUA num ambiente de laboratório.

A medida tem como objetivo reduzir o potencial de propagação desses organismos na população, devido ao grande fluxo de pessoas nestes pontos de circulação de massa.

COMMENTS