Governo quer proibir uso de “corredores” por motociclistas

Medida vai punir com multa o desrespeito aos limites da faixa de rolagem das pistas. Prática é comum em grandes centros, gerando aumento do risco de acidentes

Câmara dos Deputados analisa Projeto de Lei que isenta aposentado de pagar pedágio
Câmara aprova registro de quilometragem percorrida do veículo no licenciamento
Projeto de Lei propõe acabar com infração comprovada por lombada eletrônica

A Câmara dos Deputados analisa em caráter conclusivo, a proibição da circulação de motos entre filas de veículos e entre o meio fio e a fila de veículos, prática conhecida como “corredor”.

O projeto de lei, do deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), também obriga os condutores de motocicletas, motonetas e ciclomotores a circular exclusivamente pelo centro da faixa de rolamento do trânsito, sendo passível de multa, que será estabelecida pelo Código de Trânsito Brasileiro.

A medida inclui ainda a obrigatoriedade da circulação de ciclomotores (veículos com até 50 cilindradas) pela direita da pista de rolamento, preferencialmente no centro da faixa mais à direita, sempre que não houver faixa própria, o que já está previsto no CBT.

“O problema em tal situação é a constante violência que acompanha o uso do espaço entre os veículos, entre as faixas de trânsito, com espelhos retrovisores arrancados, chutes na porta e muitos sustos”, afirma o parlamentar, que destaca ainda que são constantes os acidentes com vítimas resultantes desse comportamento.

COMMENTS