Governo investe R$ 133 bilhões em rodovias e ferrovias

Recursos garantem mais 7,5 mil km de estradas e 10 mil km de linhas férreas. Programa também beneficiará aeroportos e portos

Lei pode limitar espera em filas em aeroporto a 40 minutos
Aeroporto de Viracopos é o segundo com maior crescimento no mundo em 2010
SynerJet traz ao Brasil robôs para manobra de aviões

O Governo Federal anunciou o início dos investimentos que fazem parte do Programa de Investimentos em Logística que prevê aplicação de R$ 133 bilhões em 9 trechos de rodovias e em 12 trechos de ferrovias.

O objetivo do programa é aumentar a escala dos investimentos públicos e privados em infraestrutura de transportes e promover a integração de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, reduzindo custos e ampliando a capacidade de transporte, além de promover a eficiência e aumentar a competitividade do País.

Os R$ 133 bilhões serão destinados à construção de ferrovias, com investimentos de R$ 91 bilhões, e duplicação e construção de rodovias, com aplicação de R$ 42 bilhões. Deste total, R$ 79,5 bilhões serão aplicados nos próximos cinco anos e R$ 53,5 bilhões em até 25 anos, com a seguinte divisão: nas ferrovias, R$ 56 bilhões serão investidos em 5 anos e os restantes R$ 35 bilhões em 25 anos; nas rodovias, R$ 23,5 bilhões serão investidos em cinco anos, e R$ 18,5 bilhões em 20 anos.

O planejamento das ações e o acompanhamento dos projetos serão feitos pela Empresa de Planejamento e Logística (EPL), criada hoje pelo governo federal para promover a integração logística no Brasil.

Veja os trechos rodoviários contemplados nos investimentos:

Trechos ferroviários que irão receber os investimentos:

Os investimentos do programa em aeroportos e portos serão anunciados em outra etapa.

COMMENTS