Embraer fecha acordo de venda de 20 jatos E190 para companhia venezuelana

Conviasa investiu US$ 271,2 milhões na aquisição de seis aeronaves e firmou a opção de compra de outras 14 do mesmo modelo. Primeiras unidades devem ser entregues no final de 2012

Demanda por voos domésticos em cai 5,47%
Airbus A-320 já transportou 7 bilhões de passageiros
Pluna terá mais uma frequência diária entre Florianópolis (SC) e Montevidéu, no Uruguai

A Embraer firmou um acordo com a empresa aérea Conviasa, da Venezuela, para a venda seis jatos EMBRAER 190. O acordo inclui ainda 14 opções de compra para o mesmo modelo de aeronave.

O valor total da primeira encomenda é de US$ 271,2 milhões, podendo chegar a US$ 904 milhões caso todas as opções de compra sejam confirmadas. As primeiras entregas estão programadas para o final de 2012.

“É uma satisfação receber este pedido da Conviasa, décimo primeiro cliente da família de E-Jets na região da América Latina e do Caribe, um mercado que crescerá, em média, 7% ao ano, nos próximos vinte anos”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer, Aviação Comercial.

Os jatos E190 que serão entregues a Conviasa serão configurados com 104 assentos em classe única.

“Estes aviões nos permitirão aumentar a conectividade tanto nas rotas domésticas, quanto internacionais.”  disse César Martínez Ruiz, Presidente da Conviasa. Atualmente, a empresa atende 14 destinos nacionais e nove internacionais.

COMMENTS