Embraer fecha acordo de venda de 20 jatos E190 para companhia venezuelana

Conviasa investiu US$ 271,2 milhões na aquisição de seis aeronaves e firmou a opção de compra de outras 14 do mesmo modelo. Primeiras unidades devem ser entregues no final de 2012

Air France utiliza novas denominações em suas classes de serviço
Emissão de gases-estufa pela aviação civil no Brasil cresce 32% de 2005 a 2013
American Airlines lança novo serviço de transporte refrigerado

A Embraer firmou um acordo com a empresa aérea Conviasa, da Venezuela, para a venda seis jatos EMBRAER 190. O acordo inclui ainda 14 opções de compra para o mesmo modelo de aeronave.

O valor total da primeira encomenda é de US$ 271,2 milhões, podendo chegar a US$ 904 milhões caso todas as opções de compra sejam confirmadas. As primeiras entregas estão programadas para o final de 2012.

“É uma satisfação receber este pedido da Conviasa, décimo primeiro cliente da família de E-Jets na região da América Latina e do Caribe, um mercado que crescerá, em média, 7% ao ano, nos próximos vinte anos”, disse Paulo Cesar de Souza e Silva, Presidente da Embraer, Aviação Comercial.

Os jatos E190 que serão entregues a Conviasa serão configurados com 104 assentos em classe única.

“Estes aviões nos permitirão aumentar a conectividade tanto nas rotas domésticas, quanto internacionais.”  disse César Martínez Ruiz, Presidente da Conviasa. Atualmente, a empresa atende 14 destinos nacionais e nove internacionais.

COMMENTS