CET SP faz nova proposta e greve deve ser suspensa

Instituição ofereceu reajuste de 6,17 %, frente aos 4,5% rejeitados pelos agentes na última semana. Proposta será analisada hoje (27) em assembleia da categoria

Agentes da CET de SP faltam ao trabalho para doar sangue por melhores salários
Polícia Rodoviária Federal inicia hoje greve nas estradas de SP
Correios entram em greve em quase todo o País

O CET (Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo) apresentou uma nova proposta de reajuste salarial aos agentes, demonstrando um avanço nas negociações que até o fim da última semana levariam a categoria a uma greve geral.

A nova proposta reajusta os vencimentos dos agentes em 6,17% e estabelece o pagamento de R$ 3.035,00 referente às participações nos resultados (aumento de 11,17%), além de abonos e manutenção do plano de saúde.

A proposta será analisada hoje (27) em assembleia geral da categoria. No último dia 24 de agosto, a proposta apresentada pela direção da CET, foi classificada como “indecente” pelos agentes, que reforçaram a organização de uma paralisação geral, a partir do dia 04 de setembro.

COMMENTS