Câmbio automatizado equipa 90% dos caminhões Volvo FH no Brasil

Nos primeiros quatro anos seguintes ao lançamento, a cautela do mercado quanto à tecnologia de automatização fazia com que apenas 3% dos veículos fossem vendidos com esta caixa de câmbio

Mercedes-Benz e Volvo trazem câmbio automatizado para os semipesados
Mercedes-Benz Actros ganha versão estradeira
Mercedes-Benz ultrapassa marca de venda de 75 mil peças remanufaturadas

A Volvo registrou uma aceitação positiva quanto ao uso da caixa de câmbio I-Shift, que equipa os modelos pesados, Volvo FH no mercado brasileiro. Em nove anos, a tecnologia equipa 91% dos modelos FH que saem da linha de produção do complexo industrial da montadora em Curitiba, no Paraná.

Em 2003, quando a tecnologia começou a equipar os modelos brasileiros, o mercado desconhecia o sistema de transmissão projetado exclusivamente para trocas automatizadas de marchas em caminhões, fazendo com que o I-Shift fosse recebido com cautela sendo considerado como apenas um luxo. Nos primeiros quatro anos seguintes ao lançamento, apenas 3% dos veículos eram vendidos com esta caixa de câmbio.

“A margem da frota da família F no Brasil que é equipada com o sistema I-Shift torna o componente, praticamente um item de série deste modelo”, declara Roger Alm, presidente da Volvo Latin America.

De acordo com a montadora, além da praticidade na troca de marchas  o sistema automatizado, I-Shift proporciona uma redução de 5% no consumo de combustível, fator que impulsionou a grande penetração do equipamento no mercado.

COMMENTS