Uso de faróis baixos será obrigatório em rodovias

Não cumprimento da regra será considerado infração média, punida com multa

Comissão da Câmara dos Deputados aprova nova regra sobre emissão de 2ª via de CNH
Lei pode limitar espera em filas em aeroporto a 40 minutos
Câmara aprova urgência para a regulamentação da profissão de motorista

A Câmara dos deputados analisa em caráter conclusivo, o projeto de lei apresentado pelo Senado Federal, que obriga o condutor a manter os faróis do veículo acesos, com luz baixa, nas rodovias do País. Atualmente, a pratica é apenas uma recomendação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

De acordo com o projeto de autoria do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), o não cumprimento da regra será considerado infração média, punida com multa.

“A iluminação é um elemento fundamental para a segurança do trânsito porque antecipa a visualização do veículo a uma distância maior”, afirmou o senador, na justificativa da proposta. “Desse modo, alerta o motorista sobre situações de risco, permitindo-lhe agir preventivamente no sentido de evitar acidentes”, complementou.

O parlamentar chegou a citar um estudo, realizado na Holanda, que constatou que veículos que transitam de dia com o farol aceso têm 15% menos risco de se acidentarem.

O projeto altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97), que hoje obriga o condutor a manter os faróis acesos, com luz baixa, apenas nos túneis, durante o dia, e nas vias iluminadas, durante a noite.

A proposta tramita em regime de prioridade e será analisada pelas comissões de Viação e Transportes e Constituição e Justiça e de Cidadania.

COMMENTS