Concessionária recebe Licença Ambiental para a quinta fase do trecho leste do Rodoanel

SPMar, responsável pela construção da via, recebeu a aprovação para a instalação de mais 7,5 quilômetros do trecho, em licença que fora solicitada em dezembro do ano passado

Governo anuncia investimentos na infraestrutura logística para o agronegócio
Comissões promovem assembleia para debater greve em obra de ponte em Santa Catarina
Governo anuncia R$ 2,4 bilhões em obras de rodovias do Rio Grande do Sul

A SPMar, concessionária que administra o trecho sul do Rodoanel e que é responsável pela construção do trecho leste, em São Paulo, recebeu a Licença Ambiental da CETESB para a implementação da quinta fase da obra.

Segundo a empresa, a aprovação da licença ocorreu na terça-feira (24) e corresponde à autorização para a instalação de mais 7,5 quilômetros da via.

Este trecho compreende a região de Ribeirão Pires e as obras acontecem entre agosto deste ano e julho do ano que vem, promovendo a ligação do trevo no quilômetro 86 do Rodoanel, entre os trechos sul e leste, ao Túnel Santa Luzia, ambos em construção.

A SPMar informa que, nesta fase, os trabalhos se concentração na supressão vegetal e terraplenagem para a construção das duas pistas. O trecho contará com 10 pontes e viadutos que passarão pelas avenidas Alfredo Dib, Humberto de Campos, pela estrada Cooperativa e pelas ruas Capitão José Gallo, Orlando Grecco e Benjamin Baptista Cerezoli. Durante as obras, o fluxo diário de veículos e pedestres será mantido, sendo que podem acontecer apenas intervenções pontuais que serão devidamente sinalizadas.

Segundo a concessionária, as frentes de obras terão início simultâneo nas travessias das ruas e avenidas e os canteiros seguirão de acordo com o avanço dos trabalhos. A previsão é gerar aproximadamente 400 empregos, voltados principalmente para contratação de mão de obra local.

A obra do trecho leste do Rodoanel teve início em 17 de agosto do ano passado, na ligação entre o trecho sul e a Avenida Papa João XXIII e o novo trecho leste.

COMMENTS