Azul firma parceria com a PUC-RS para desenvolver programas de segurança de voo

Projeto de colaboração visa fortalecer os programas de segurança da companhia e analisar e adaptar a real aplicabilidade dos estudos realizados sobre o setor

Embraer e empresa chinesa fecham negócio de R$ 700 milhões
NASA realiza voo de avião não tripulado
China anuncia fabricação dos primeiros aviões elétricos de passageiros

A Azul Linhas Aéreas firmou um acordo de colaboração com a PUC-RS (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul), para o desenvolvimento e implementação de novos programas voltados para a segurança no voo.

O objetivo central dessa parceria é aproximar os estudos e pesquisas acadêmicas com as necessidades e a aplicabilidade real na indústria da aviação. Dessa forma, a companhia pretende ampliar a área de Fatores Humanos de sua Diretoria de Segurança Operacional, elevando-a para o status de Coordenadoria.

“Os estudos aprofundados em Fatores Humanos irão contribuir significativamente para o desenvolvimento das habilidades e desempenho individuais. Desta forma, esperamos tornar nossa empresa capaz de se adaptar aos permanentes desafios das operações aéreas”, afirma Comandante Augusto Nunes, diretor de Segurança Operacional da Azul.

Entre as prioridades do projeto de colaboração está a ampliação dos programas de treinamento CRM (Corporate Resource Management) e Threat and Error Management,  a implementação do LOSA (Line Operation Safety Audity), que irá, por meio da observação de especialistas, mapear as ameaças comuns ao desempenho dos pilotos durante as operações normais e o desenvolvimento e aplicação prática do Sistema de Gerenciamento da Fadiga que busca, por meio de método científico, proporcionar as melhores práticas de gerenciamento das escalas de voo para assegurar o bom desempenho dos aeronautas.

“O desenvolvimento do conhecimento e a aplicação de novas e melhores práticas concorrem para tornar a indústria da aviação ainda mais segura”, completa o Comandante Nunes.

COMMENTS