Postos vendem gasolina mais barata para protestar contra imposto

Preço da gasolina sem o acréscimo dos tributos no Dia da Liberdade de Impostos foi de R$ 1,2677. Carga tributária no produto chega a 53,03%

Prumo e NFX assinam contrato para aluguel de área no Porto do Açu
São Paulo recebe primeiros ônibus movidos a etanol do Brasil
Petrobras prevê produção diária de quatro milhões de barris no Brasil até 2030

No Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte, comerciantes estão vendendo gasolina mais barata, sem impostos, em várias cidades do País, segundo informações do Instituto Mises Brasil, um dos organizadores do movimento.

O preço da gasolina vendida no Dia da Liberdade de Impostos (R$ 1,2677) foi calculado com base no valor dos encargos que somam 53,03% (de acordo com o IBPT Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário). O preço real da gasolina para o consumidor é de R$ 2,699. A diferença de valor será paga pelas instituições responsáveis pelo evento, segundo o organizador.

Em São Paulo, o ”dia sem impostos” começou por volta das 9 horas desta sexta-feira com a venda de gasolina subsidiada à R$ 1,2677 no Centro Automotivo Portal das Perdizes (bandeira Ipiranga), na Avenida Sumaré, esquina com a rua Dr. Franco da Rocha, em Perdizes. As vendas estão limitadas a 30 litros de gasolina por veículo. Após encerrada a cota de mil litros, a ação terminará, segundo o Instituto. O valor representa praticamente a metade do cobrado regularmente.

O Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte foi criado em 15 de setembro de 2010, com o objetivo de mobilizar a sociedade e os poderes públicos para a conscientização e a reflexão sobre a importância do respeito ao contribuinte e a abusiva carga tributária em produtos de consumo diário.

COMMENTS