ALL realiza movimentação recorde de carga no primeiro trimestre de 2012

Geração de caixa cresceu 6,4%, impulsionada pelo aumento do volume ferroviário e pelos resultados das subsidiárias Brado e Ritmo. No período, a empresa movimentou 9,2 bilhões de TKU (toneladas por quilômetro útil)

ALL e GE fecham acordo para manutenção de locomotivas
Brado Logística terá R$ 1 bilhão em investimentos nos próximos cinco anos
Governo da Argentina rescinde contratos de concessão da ALL e reestatiza ferrovias

A ALL, América Latina Logística, registrou um volume 7,6% maior no primeiro trimestre de 2012 nas suas operações ferroviárias no Brasil, alcançando 9,2 bilhões de TKU (toneladas por quilômetro útil). Os números constam no relatório de resultados divulgado pela empresa.

A geração operacional de caixa consolidada atingiu R$ 320,8 milhões no primeiro trimestre deste ano, um crescimento de 6,4% frente aos R$ 301,7 milhões dos três primeiros meses de 2011.

Segundo a ALL o crescimento foi impulsionado pelo maior volume transportado na operação ferroviária no Brasil e pelos resultados das novas empresas criadas pela ALL em 2011, a Brado e a Ritmo, empresas dedicadas à logística de contêineres e rodoviária, respectivamente.

Os ganhos de participação de mercado no segmento agrícola e de melhorias na produtividade dos vagões e locomotivas impulsionaram os ganhos no setor ferroviário.

Subsidiária da ALL que presta serviços de logística intermodal de contêineres, a Brado Logística aumentou seu volume de contêineres em 16,7% no primeiro trimestre, atingindo 12,2 mil contêineres, impulsionado principalmente pelo bom desempenho no corredor da bitola larga, que atende o porto de Santos, e no corredor de Rio Grande.

Na Ritmo, subsidiária da ALL para o transporte rodoviário de cargas, o volume cresceu 10,7%, atingindo 16,9 milhões de quilômetros rodados com uma geração operacional de caixa de R$5,6 milhões.

Em 2012, a ALL pretende investir R$ 650 milhões para viabilizar seu crescimento em seu negócio ferroviário e cerca de R$150 milhões para finalizar as obras do Projeto Rondonópolis (MT), que deve ser concluído até o final do ano.

COMMENTS