Veloce Logística apresenta otimismo após aquisição

Veloce Logística apresenta otimismo após aquisição

Empresa, criada pelo Grupo de Investimentos Pátria em 2009, conquistou mercados e foi adquirida pelo grupo japonês Mitsui no final do ano passado. Para 2012, Veloce espera crescer 15% e faturar R$ 210 milhões

JSL amplia portfólio com serviço de leasing para aquisição de caminhões
Grupo Tora adquire 255 caminhões Scania
TAM e LAN assinam memorando sobre união das companhias

A Veloce Logística, empresa criada em 2009 por meio da iniciativa do grupo de investimentos Pátria, tem resultados para comemorar em sua curta trajetória no mercado. A empresa, que oferece serviços logísticos para a indústria, com forte atuação nas cadeias automotiva e alimentícia, foi comprada no final do ano passado pelo Grupo Mitsui, conglomerado japonês com faturamento de R$ 56 bilhões e atuação em 66 países, em diversas frentes de negócios.

Segundo Paulo Guedes, presidente da Veloce, o desempenho da operadora nestes pouco mais de três anos de atuação reflete uma política austera de qualidade e de gestão de custos e operações. “Todos falam em melhoria contínua, mas na Veloce, este conceito é levado a sério e cumprido à risca. Nossa flexibilidade permitiu que fechássemos negócios importantes, que nos renderam prêmios pela boa performance e uma consolidação na logística automotiva no Brasil e na Argentina”, diz o executivo.

Ontem, na Intermodal 2012, a Veloce concedeu sua primeira entrevista coletiva depois da aquisição, com a participação do novo vice-presidente de Finanças, Yosuke Kawakami. Perguntado sobre a opção pela empresa brasileira para o investimento, que não foi revelado, o executivo japonês foi direto: “Escolhemos a Veloce porque a empresa tem diversas semelhanças de valores e modos de pensar”, disse Kawakami, que revelou que o Brasil é um dos mercados mais importantes para a Mitsui.

No ano passado, a Veloce teve um crescimento de 15% no faturamento e, de acordo com Paulo Guedes, a empresa espera repetir a dose este ano e faturar R$ 210 milhões. A Veloce Logística iniciou este ano com um grande novo contrato de serviços com a fabricante de pneus Goodyear para a alimentação de suas plantas de produção.

Atualmente, a empresa atende clientes como GM, Honda, Toyota, Volkswagen, ZF, Nestlé, Danone e Unilever. A estrutura da operadora conta com 475 carretas, puxadas essencialmente por transportadores autônomos agregados.

COMMENTS