Transportadora gaúcha investe em treinamento dentro de casa

Confira a entrevista com a coordenadora de Gestão de Pessoas da Transportadora Panex sobre as iniciativas de capacitação da empresa

Navistar já formou 600 jovens no Brasil
Petrobras e SENAI/FIRJAN firmam parceria para desenvolvimento de simuladores
Bombeiros do Aeroporto de Congonhas (SP) recebem curso de capacitação

O Portal Transporta Brasil entrevistou a coordenadora de Gestão de Pessoas da Transportadora Panex, Vanessa Slaviero, para falar sobre algumas medidas tomadas pela empresa para a capacitação de seus colaboradores e também sobre o problema crônico da falta de mão de obra qualificada. Leia a entrevista na íntegra:

Portal Transporta Brasil: Como o problema da falta de mão de obra qualificada para o transporte afeta as operações da Panex?

Vanessa Slaviero: A falta de mão de obra é uma realidade geral em todas as empresas e, por isso, a Panex investe em qualificação da equipe. Além disso, faz uma seleção criteriosa na área comportamental para que seja possível investir em treinamento, desenvolvendo as habilidades técnicas.

Portal Transporta Brasil: Este problema foi o motivo de a empresa criar programas próprios de treinamento?

Vanessa Slaviero: Sim. Para a Transportes Panex é um desafio e por isso a empresa está investindo na própria equipe, que já está focada nos interesses do negócio e disposta a aprimorar as habilidades em prol do desenvolvimento do empreendimento.

Portal Transporta Brasil: Qual é o investimento da empresa para o treinamento?

Vanessa Slaviero: A empresa prefere não divulgar esse dado em valores, mas investe muito no desenvolvimento dos seus colaboradores como, no caso do PDCP (Programa de Desenvolvimento de Compêtencias Panex), que é um programa que visa desenvolver as competências técnicas e comportamentais afim de aprimorar a visão estratégica do negócio.

Portal Transporta Brasil: Há falta de motoristas qualificados na empresa?

Vanessa Slaviero: Há falta de motoristas qualificados no mercado e não só na empresa. Consciente dessa realidade, a Panex investe na promoção interna, pois entende que preparar bem o colaborador é uma questão primordial para o sucesso do negócio e uma responsabilidade. A Transporte Panex é uma empresa certificada como Transportadora da Vida, selo concedido pela Fundação Thiago de Moraes Gonzaga em parceria com o SETCERGS, às empresas de transporte e logística que se dedicam na promoção e atuam na construção de um trânsito mais humano e seguro.

Portal Transporta Brasil: Como a Panex está lidando com esta questão?

Vanessa Slaviero: A empresa identifica a necessidade e investe na qualificação dos colaboradores, que se dedicam ao treinamento como multiplicadores dos menos experientes.

Portal Transporta Brasil: Quais as vantagens de ter treinamento próprio na empresa?

Vanessa Slaviero: O treinamento próprio permite o fortalecimento do espírito de equipe, manutenção da expertise da empresa e o desenvolvimento individual de cada profissional diante de suas potencialidades.

Portal Transporta Brasil: Existem treinamentos na área operacional?

Vanessa Slaviero: A ênfase no operacional é que garante a eficácia do atendimento direto com o cliente, pois temos segurança sobre a qualificação do profissional treinado na empresa.

A Transporte Panex tem, atualmente, 600 colaboradores distribuídos em 8 filiais e opera o transporte de cargas secas e fracionadas para o Sul e Sudeste, operando com 400 caminhões de frota própria. A empresa não trabalha com agregados.

COMMENTS