Jato da Embraer recebe certificação “hot-and-high”

Certificação permite que o modelo Lineage opere em aeroportos situados a mais de 13.000 pés de altitude, como La Paz, na Bolívia, um dos mais altos do mundo

Terminais aeroportuários do RS renovam licenças ambientais
Lufthansa Cargo terá frequência Frankfurt – Manaus
Beechcraft fecha 2º trimestre com aumento de 75% nas vendas

O jato Lineage 1000, da Embraer, recebeu a certificação, no Brasil e nos Estados Unidos, para operar em condições de alta temperatura e elevada altitude (hot-and-high). A nova funcionalidade “hot-and-high” será opcional e estará disponível inicialmente para operadores brasileiros e norte-americanos.

Os testes High-Altitude Takeoff and Landing Operation (HALTO), de operações de decolagem e pouso em grandes altitudes, foram concluídos em fevereiro e resultaram nas certificações pela ANAC, no Brasil, e pela Federal Aviation Administration (FAA), nos Estados Unidos.

“Isto possibilita a operação em aeroportos situados a mais de 13.000 pés de altitude, como La Paz, na Bolívia, um dos mais altos do mundo, a 13.357 pés. É um marco muito significativo, uma vez que tornamos ainda mais flexível uma aeronave que já era operacionalmente flexível”. Disse Ernest Edwards, Presidente da Embraer, Aviação Executiva.

O Lineage 1000, da categoria ultra-large, é o maior jato executivo da Embraer e acomoda 19 passageiros em cinco áreas de cabine, com três ou quatro tripulantes. O alcance de 4.500 milhas náuticas (8.334 km) com quatro passageiros ou 4.400 milhas náuticas (8.149 km) com oito passageiros, ambos com reservas de combustível NBAA IFR, permitem ao jato voar sem escalas de Mumbai (Índia) para Londres (Reino Unido); de Londres para Dubai (Emirados Árabes Unidos); de Dubai para Johanesburgo (África do Sul); ou de Singapura para Sydney (Austrália).

COMMENTS