Hamburg Süd transportou mais de 3 milhões de TEUs no ano passado

Hamburg Süd transportou mais de 3 milhões de TEUs no ano passado

Empresa global do transporte marítimo faturou 4,8 bilhões de euros e cresceu 7% em 2011. Operações movimentaram 9% mais contêineres do que no ano anterior

Aliança Navegação e Logística apoia ModClima em evento sobre combate à desertificação, na Alemanha
Porto do Pecém (CE) recebe novo navio de cabotagem da Aliança
Hamburg Süd e Aliança anunciam novo diretor-executivo no Brasil

A Hamburg Süd, empresa global de transporte e operações marítimas, terminou o ano de 2011 com um faturamento de 4,8 bilhões de euros e movimentação de mais de 3 milhões de TEUs (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés). A empresa, com sede alemã, comemora o resultado do ano, que trouxe crescimento de 7% no faturamento e 9% na operação de contêineres em todas as suas bases no mundo.

Segundo a companhia, os fretes permaneceram estáveis comparadas com 2010. Em virtude do dólar americano um pouco mais fraco na média do ano, a receita das operações regulares (liner) da Hamburg Süd cresceram 6%, totalizando 4,2 bilhões de euros, um pouco inferior em comparação com o volume. Com a inclusão das atividades de break-bulk e product tanker, o volume total de negócios aumentou para 4,8 bilhões de euros, um crescimento de 7% em relação ao ano anterior.

Completando 140 anos de existência, o Grupo Hamburg Süd contratou, em média, 4.468 colaboradores, cerca de 9% a mais que no período de 2010. Em virtude dos fretes estagnados, e ao mesmo tempo com um aumento acentuado dos custos operacionais, o resultado em 2011 ficou abaixo do plano e pouco menor do que o ano anterior. Os gastos com investimentos na forma de pagamentos iniciais e finais de novos navios em sua maior parte, não puderam ser cobertos inteiramente com o fluxo de caixa operacional.

Navios e contêineres

A frota operada pelo Grupo Hamburg Süd, com base em 31 de dezembro de 2011, totalizou 160 navios, 43 deles próprios. Os serviços de liner empregaram 107 navios e o setor tramp utilizou 53. Embora a quantidade de navios porta-contêineres tenha sido reduzida em 6 unidades com relação ao ano anterior, a capacidade de slots nos serviços de linha aumentou em cerca de 6%, para aproximadamente 395.000 TEUs. Com o aumento da capacidade média da frota, os custos por slot foram continuamente reduzidos.

Um total de cinco navios da série “Santa” entrou em serviço no ano passado. Até agora eles são os maiores navios porta-contêineres do Grupo Hamburg Süd com uma capacidade de 7.100 TEUs e podem carregar até 1.600 contêineres refrigerados. Em termos de sua capacidade frigorífica, esses navios estão entre os maiores do mundo e desde o final de 2011, sete unidades foram empregadas nas rotas entre a Ásia, ou Norte da Europa, e a Costa Leste da América do Sul.

COMMENTS