Operadora de terminais pede terceira pista no aeroporto de Hong Kong

Empresa recomenda fortemente que o governo local aprove a adoção da terceira pista para a ampliação do aeroporto asiático

Para desinchar Infraero, governo vai demitir 4 000 funcionários em 2016
Cumbica inaugura espaço para 1 milhão de passageiros
Bombeiros do Aeroporto de Congonhas (SP) recebem curso de capacitação

Super terminal da Hactl, no aeroporto de Hong Kong

A Hong Kong Air Cargo Terminals Limited (Hactl), empresa que opera o maior terminal de carga aérea do mundo, em Hong Kong, emitiu um comunicado à imprensa mundial do transporte recomendando fortemente que o governo local adote a terceira pista no Aeroporto Internacional de Hong Kong (HKIA).

Considerado o aeroporto mais movimentado do mundo, o aeródromo de Hong Kong abriga o super terminal de cargas da Hactl, construído em 1998, que demandou investimentos da ordem de US$ 1 bilhão. O terminal movimenta a impressionante marca de 3 milhões de toneladas de cargas por ano e sua capacidade original já foi excedida.

Agora, a empresa pleiteia a construção da terceira pista do aeroporto, argumentando que o crescimento da movimentação já não é suportado pela estrutura atual. “O mercado global de fretes aéreos e o mercado da região de Hong Kong em particular, têm grandes expectativas de crescimento nas próximas décadas, podendo dobrar de tamanho neste período. O aeroporto precisa crescer para atender a este aumento de demanda. Do contrário, o Aeroporto de Hong Kong perderá seu status de maior e mais importante hub aéreo do mundo”, diz o diretor Administrativo da Hactl, Mark Whitehead.

COMMENTS