Hanjin Logistics abre base em Amsterdã

Hanjin Logistics abre base em Amsterdã

Operadora logística coreana acaba de inaugurar sua base de operações no Aeroporto Schiphol, terceiro maior terminal aéreo de cargas da Europa, e também em Tóquio, no Japão, e Xiamen, na China

American Airlines transporta 450 toneladas de flores para o Dia de São Valentim
China Cargo Airlines começa a operar em Amsterdã, na Holanda
Aeroporto de Amsterdã participa de mega-operação de transporte de flores

A operadora logística Hanjin Logistics, que tem atuação em todas as regiões do mundo, anunciou a abertura de sua base no Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, na Holanda, o terceiro maior aeroporto de cargas da Europa.

De acordo com a empresa, a nova estrutura inclui espaços de armazenagem alfandegados e não-alfandegados e servirá à operadora como centro de distribuição dos grandes volumes de tráfego de importação que chegam a Amsterdã e são distribuídos para todo o Benelux (Bélgica, Holanda e Luxemburgo).

Fundada em 2001, a Hanjin Logistics abriu sua primeira base europeia em 2008, na Holanda, com operações no porto de Rotterdam. A Hanjin oferece serviços de logística internacional e cadeia de suprimentos, incluindo fretes aéreos, marítimos, rodoviários e ferroviários, por meio de sua rede de parceiros em 60 localidades na Europa, África, Oceania, Ásia e Estados Unidos.

Atualmente, a Hanjin Logistics atende clientes nas indústrias farmacêutica, automotiva, eletrônica, química e de equipamentos industriais pesados. “Estamos felizes por integrar a vibrante comunidade de transportes de Schiphol. Este é um importante passo para nossa expansão europeia e serve como uma resposta às necessidades de nossos clientes. A localização do Aeroporto Schiphol, as excelentes conexões rodoviárias e o grande alcance aére internacional dos serviços do terminal se configuram como uma plataforma ideal para a distribuição dos produtos de nossos clientes por toda a Europa”, comenta Jan de Kreuk, executivo à frente da Divisão de Frete Aéreo para Benelux da Hanjin.

A empresa é uma das 150 provedoras de serviços logísticos que estabeleceram operações no Aeroporto Schiphol. A Hanjin é habilitada para utilizar o sistema e-Freight e sua nova operação na Holanda integra uma das maiores comunidades de fretes aéreos livres de papel do mundo.

O Aeroporto Schiphol, em Amsterdã, na Holanda, é o terceiro maior aeroporto de cargas da Europa e o 17º do mundo. Em 2011, movimentou mais de 1,5 milhão de toneladas de cargas, operando 313 destinos em mais de 90 países. São 106 companhias aéreas e 21 operadores de cargas, que utilizam as cinco pistas com comprimentos entre 3,4 e 3,8 mil metros.
A estrutura de Schiphol conta com 400 mil metros quadrados de áreas de armazenagem e com ligação rodoviária aos Portos de Rotterdam e Amsterdã.

COMMENTS