Guerra tem novo diretor industrial

Rodrigo Caumo assume a diretoria Industrial da fabricante de implementos rodoviários com o desafio de modernizar os processos da empresa e renovar as linhas de produtos

Guerra estreia nova identidade visual com modernização do logotipo
Caxias do Sul (RS) tem nova concessionária Volvo para caminhões e ônibus
Guerra realiza negócio de R$ 5,5 milhões em implementos com a transportadora Jolivan

A Guerra, tradicional fabricante de implementos rodoviários para as mais diversas aplicações, acaba de anunciar seu novo diretor industrial, o executivo Rodrigo Caumo. Com 20 anos de experiência na área de engenharia de produtos, o executivo assume a diretoria da empresa com o objetivo de renovar as linhas de implementos e modernizar os processos de produção da Guerra.

O executivo já passou por empresas como Springer Carrier, Duratex, Lear do Brasil e Comil Ônibus. Com a chegada de Rodrigo Caumo, encerra-se o processo de consolidação da Gestão da Guerra, iniciado sob a liderança do CEO Walter Rauen e sob administração do fundo de investimentos Axxon.

Sediada em Caxias do Sul, a Guerra conta com cinco unidades fabris no país, totalizando 1,8 mil funcionários. A empresa é considerada uma das maiores do ramo na América Latina, exportando produtos para 16 países. Entre seus principais produtos estão os semirreboques basculantes, tanques, graneleiros e baús lonados.

COMMENTS