Bombardier fechou 2011 com receita de US$ 18,3 bilhões

Fabricante canadense de aeronaves teve lucro líquido de US$ 837 milhões no ano passado e entregou 245 aviões a seus clientes

Singapore Airlines comemora rota japonesa com voos especiais no A-380
Companhias aéreas brasileiras registram aumento em voos domésticos e internacionais
Aeroméxico cresce 20% no total de passageiros transportados em 2011

A Bombardier, fabricante canadense de aeronaves, divulgou seus resultados financeiros de 2011. De acordo com os números da empresa, o faturamento no ano passado foi de US$ 18,3 bilhões, com lucro líquido de US$ 837 milhões.

“Registramos bons resultados financeiros em 2011, com aumento de receita, lucro líquido e ganhos por ação”, afirma Pierre Beaudoin, CEO da Bombardier Inc. “No setor de aviação, atravessamos outro ano de demandas com habilidade e eficiência. Mantivemos nossa lucratividade, aumentamos o nível de pedidos líquidos e nosso acúmulo de trabalho, e também nossa liderança no ramo de jatos executivos”, continua. “Diversificamos os clientes com o fortalecimento de nossos CSeries por meio da assinatura com cinco novos operadores que trouxeram pedidos, cartas de intenção e opções de compra que somam mais de 300 aviões. O volume atual de pedidos já representa 2,5 anos de produção”, completa Beaudoin.

As entregas somaram 245 aviões (no ano fiscal anterior foram 256), sendo 163 jatos executivos – oito unidades a mais que no ano fiscal anterior. Isso demonstra o crescimento do setor executivo da aviação no mundo. Nas categorias de mercado nas quais compete, a Bombardier Jatos Executivos é líder pelo oitavo ano consecutivo, com um market share de 37% baseado em receitas, contra 35% no ano anterior.

A Bombardier Aerospace espera entregar aproximadamente 180 jatos executivos no ano de 2012. Para o período, a margem do EBIT (Lucro antes dos juros e impostos) esperada é de 5%.

COMMENTS