Petrobras finaliza perfuração de primeiro poço do contrato de Cessão Onerosa

Conhecido como Franco NW, está situado a uma profundidade de 1.860 metros, distante 188 quilômetros da capital carioca

Plataforma da Petrobras deixa estaleiro em Rio Grande (RS)
Transportadoras não identificam economia de combustível significativa em veículos Euro 5
TAM Linhas Aéreas recebe prêmio por gestão de combustível

O primeiro poço após a assinatura do contrato de Cessão Onerosa teve sua perfuração concluída. Os resultados obtidos comprovaram a extensão dos reservatórios de óleo localizados a noroeste do poço descobridor da área de Franco, no pré-sal da Bacia de Santos (SP).

Chamado 3-BRSA-944A-RJS (3-RJS-688A), o poço é informalmente conhecido como Franco NW. Ele está situado em profundidade de 1.860 metros, distante 188 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro (RJ) e a 7,7 quilômetros a noroeste do poço descobridor 2-ANP-1-RJS (Franco).

Amostras de petróleo foram submetidas a testes e comprovadas como de boa qualidade (28º API). Elas foram colhidas a partir de 5.460 metros. “O poço confirmou o mesmo contato óleo/água do poço descobridor, tendo perfurado reservatórios de rochas carbonáticas de excelente qualidade e espessuras similares às encontradas no poço 2-ANP-1-RJS (Franco)”, afirmou a Petrobras por meio de comunicado.

De acordo com a companhia, será realizado um teste de formação para avaliar a produtividade do poço e, assim, será dada continuidade às atividades e investimentos previstos no Programa Exploratório Obrigatório (PEO) do contrato de Cessão Onerosa, incluindo também a aquisição de dados sísmicos em 3D na área.

COMMENTS