Petrobras elege nova presidente

Maria das Graças Silva Foster trabalha há 31 anos na estatal e assume o cargo em substituição a José Sergio Gabrielli de Azevedo

Gasolina vem sendo mais vantajosa que etanol, diz pesquisa
Petrobras conclui poço na área de Franco, no pré-sal da Bacia de Santos
Produção de petróleo e gás natural da Petrobras aumenta 3,3%

Na quinta-feira (9), a Petrobras informou que seu Conselho de Administração elegeu Maria das Graças Silva Foster como presidente da empresa, em substituição a José Sergio Gabrielli de Azevedo. Essa eleição, conforme dispõem a Lei das Sociedades Anônimas e o Estatuto Social da Petrobras, é válida até a próxima Assembleia Geral de Acionistas.

Há 31 anos na Petrobras, Graça Foster, como é conhecida, atuava como diretora da Área de Gás e Energia e como presidente da Petrobras Gás S.A- Gaspetro, desde 2007. Ela é graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal Fluminense (UFF), com mestrado em Engenharia Química, pós-graduação em Engenharia Nuclear pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ), e MBA em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV/RJ).

Além de diversos cargos executivos na Companhia, a executiva já atuou como presidente da Petrobras Química S.A. – Petroquisa, e como presidente e diretora Financeira da Petrobras Distribuidora S.A. É presidente dos Conselhos de Administração da Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A – TBG, e da Transportadora Associada de Gás S.A – TAG e membro dos Conselhos da Petrobras Transporte S.A. – Transpetro, da Petrobras Biocombustível S.A. e da Braskem S.A..

Em sua carreira, também exerceu a função de secretária de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia, de janeiro de 2003 a setembro de 2005.

COMMENTS