Imposto de Renda 2012 começa a ser entregue em 1º de março

Prazo para envio do documento termina em 30 de abril. Contribuinte poderá fazer o download do aplicativo na página da Receita dias antes da do início do período

Arrecadação de tributos terá recordes sucessivos em 2010, segundo IBPT
Empresas também terão de informar seus estoques à Receita Federal em 2010
Brasileiro pagará mais de R$ 1 trilhão em tributos até o fim de 2009, apesar da crise

Na segunda-feira (6), a Receita Federal publicou no Diário Oficial da União as regras para a declaração do Imposto de Renda referente ao ano-calendário de 2011 pela pessoa física residente no Brasil. A entrega do IRPF 2012 deverá ser feita entre 1º de março e 30 de abril. Quem perder o prazo está sujeito a multa de, no mínimo, R$ 165,74.

O documento poderá ser entregue de duas formas: pela internet ou em disquete nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. Importante lembrar que o formulário de papel não será usado. Para enviar o documento pela rede de computadores, o contribuinte deve acessar o site da Receita (http://www.receita.fazenda.gov.br/) e fazer o download do aplicativo, que estará disponível já a partir de cerca de uma semana antes do período de entrega.

Quem deve declarar

Todos os contribuintes pessoa física que tiveram rendimentos tributáveis com valor superior a R$ 23.499,15 durante 2011 estão obrigado a apresentar a declaração. Aqueles que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil, também devem prestar contas.

Os brasileiros que obtiveram receita bruta em valor superior a R$ 117.495,75 com atividade rural durante o período também precisam declarar. A obrigatoriedade vale ainda para aqueles que, no último dia do ano (31 de dezembro), tinham a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, em valor total superior a R$ 300 mil.

COMMENTS