Boeing recebe maior pedido de sua história, avaliado em R$ 38 bi

Companhia asiática Lion Air encomendou 230 aeronaves, fazendo deste um recorde jamais registrado pela fabricante

Aeroporto de Guarulhos (SP) vai zerar tarifa de pouso para novos voos cargueiros
Infraero investe R$ 13,4 milhões na aquisição de 36 carros de resgate e salvamento
Webjet é a primeira a operar no Terminal 4, em Guarulhos (SP)

A fabricante de aeronaves Boeing e a empresa aérea Lion Air, da Indonésia, finalizara, na terça-feira (14), o pedido de 201 aviões modelo 737 MAXs e 29 Next-Generation 737-900ERs. O acordo inclui ainda a opção de compra de mais 150 aparelhos.

Com um pedido total de 230 aeronaves, avaliado em R$ 22.4 bilhões (cerca de R$ 38,4 bilhões), este é o maior pedido de aviões já feito em toda a história da Boeing em valores e números de aparelhos. “Estamos empolgados em ser a primeira companhia asiática a utilizar o 737 MAX e também de sermos os primeiros do mundo a voar com o 737 MAX 9”, aafirma Rusdi Kirana, fundador e presidente da Lion Air.

COMMENTS