Aliança Renaut-Nissan registra crescimento de mais de 10% nas vendas em 2011

Parceria entre as duas empresas contabiliza aumento nos negócios pelo terceiro ano consecutivo

Panalpina fica em 1º lugar na lista de importadores em Viracopos (SP)
Terminais aeroportuários do RS renovam licenças ambientais
Ramos Transportes investe mais de R$ 4,5 mi na construção de dois novos terminais

No ano de 2011, a aliança entre as montadoras Renault e Nissan comercializou um número recorde de veículos. Foram 8.029.222 unidades vendidas – um aumento de 10,3% em relação ao ano anterior. A marca foi atingida pelo dinamismo das vendas nos mercados emergentes e nos Estados Unidos.

Esse é o terceiro ano consecutivo que as vendas sofreram crescimento. Em escala mundial, a Renault comercializou 2.722.062 veículos – alta de 3,6% em relação a 2010. Já a Nissan, 4.669.981 unidades  – alta de 14,4%. A contribuição da Lada é de 637.179 veículos – progressão de 10,9% em relação ao ano anterior.

“Um crescimento superior a 10% é o testemunho de uma sólida progressão, mesmo que durante o ano tivemos que enfrentar o terremoto e o tsunami no Japão, além do vigor anormal do iene e uma crise financeira na Europa”, disse  Carlos Ghosn, Presidente e CEO da Aliança Renault-Nissan.

COMMENTS