Terminais aeroportuários do RS renovam licenças ambientais

Aeroportos de Bagé, Uruguaiana e Pelotas receberam certificação da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (FEPAM) já que estão de acordo com as normas de proteção ao meio ambiente

Avianca oferece R$ 4 bilhões pela portuguesa TAP
Passaredo disponibiliza aeronave para simulação de evacuação de emergência em acidente
Azul e Trip vão ter sede única

Na quinta-feira (26), a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) publicou no Diário Oficial da União a renovação da Licença Ambiental de Operação de três terminais aéreos do sul do País. São eles os aeroportos internacionais de Bagé (Comandante Gustavo Kraemer), de Uruguaiana (Rubem Berta) e de Pelotas (RS).

Concedida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (FEPAM), a licença certificou que os aeroportos da Regional Sul supracitados estão de acordo com as normas de proteção ambiental, controle e utilização racional dos recursos ambientais, estando aptos a operarem. Essas licenças têm validade até novembro de 2015.

Responsabilidade pela coleta de resíduos sólidos, obrigatoriedade de passar os líquidos oriundos das atividades do aeroporto por caixa separadora de água e óleo, antes de serem encaminhadas ao destino final e proibição de mudanças nos ecossistemas naturais sem autorização prévia são algumas das condicionantes presentes nas licenças. “Apesar da realização de grandes obras, seguimos a diretriz da preservação ambiental e da sustentabilidade”, disse Francisco Camejo, superintendente do Aeroporto de Bagé.

COMMENTS