Grande Recife disciplina operações de carga e descarga

Prefeitura disciplinou operações e circulação de caminhões em diversas regiões do Centro da cidade. Regras começaram a vigorar na segunda (16)

Randon apresenta seu semirreboque com sistema de tração auxiliar elétrica
Governo Federal compra 75 caminhões International
Lei para combate à chamada “fumaça preta” entra em vigor

A prefeitura de Recife (PE) disciplinou as operações de carga e descarga no Centro da cidade. A medida faz parte do Plano de Ações para o Trânsito, e tem o objetivo de transformar as áreas de carga e descarga do Centro em vagas de estacionamento.

Segundo as regras da prefeitura, que entraram em vigor na última segunda-feira, dia 16 de janeiro, os caminhões com mais de seis metros de comprimento serão proibidos de circular na área central e em alguns corredores da cidade.

As 130 vagas estão espalhadas por cerca de 30 ruas dos bairros de São José, Santo Antônio, Recife e Boa Vista. O Plano de Carga e Descarga ainda tem novas etapas para os próximos meses. A ação tem o objetivo de disciplinar a circulação para caminhões de grande porte no Centro, restringir esses veículos nos corredores de transporte nos horários de pico e liberar carga e descarga apenas no horário noturno das grandes avenidas, como Boa Viagem e Abdias de Carvalho.

Nas vias já liberadas para a operação, as vagas serão destinadas, exclusivamente, para veículos de até seis metros de comprimento e o período de permanência será de, no máximo, uma hora. Com isso, será criada a rotatividade, liberando as vagas para outros veículos. Para fazer uso do espaço, o motorista ou a empresa do transporte deverá adquirir o talão de Zona Azul nos pontos de venda credenciados pela CTTU ao mesmo preço em que ele é vendido para os carros de passeio – R$ 1, o bilhete.

O horário de funcionamento será o mesmo da Zona Azul comum, de 8h as 18h de segunda a sexta, e de 8h as 12h aos sábados. Com informações do Portal NE10

COMMENTS