Aeroporto Campo de Marte, em SP, instala placas de captação de luz solar

Com quase R$ 29 mil em investimentos, ação faz parte de projeto piloto de utilização de formar alternativas de geração de energia

Azul comemora a marca de 15 milhões e presenteia cliente
Brasil precisará de 1.060 novas aeronaves nos próximos 20 anos
Tarifas de embarque nos aeroportos sobem até 8%

O Aeroporto Campo de Marte, localizado na Zona Norte da capital paulista, recebeu, na metade de janeiro, nove painéis para captação de energia solar. Os equipamentos, que entraram em operação na segunda-feira (16), fazem parte de projeto piloto da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) para a utilização de formas alternativas de geração de energia.

Os módulos geram uma quantidade média de 250 quilowatts-hora (kWh) por mês e a estimativa é que o sistema contribua com cerca de 20% da utilização da energia do prédio administrativo de Campo de Marte, edifício em que está instalado. Para esse projeto, a Infraero realizou investimento de cerca de R$ 28,9 mil entre aquisição e implantação dos equipamentos.

COMMENTS