Proposta de parcelamento de multas é rejeitada pela Câmara

Projeto de lei 7586/10 que visa ao parcelamento de multas de trânsito em até seis vezes será arquivado

Câmara estuda criação de cadastro nacional de radares de trânsito
Câmara analisa proposta que define a isenção de Cide sobre combustível de aviação
Câmara analisa projeto que proíbe cobrança de pedágio em rodovias inacabadas

O projeto de lei 7586/10, do Senado, que tinha como objetivo permitir o parcelamento de multas de trânsito em até seis vezes, foi rejeitado pela Comissão de Viação e Transportes, na última quarta-feira (7/12). A proposta será arquivada, a não ser que caiba recurso para que seja analisada pelo Plenário.

Segundo o deputado Hugo Leal (PCS-RJ), relator da proposta, o parcelamento do pagamento das multas diminui o impacto da penalidade para o infrator. para ele, a medida vai contra o objetivo perseguido pelo Código de Trânsito Brasileiro.
“Com isso, a tendência é que os excessos no trânsito se tornem ainda mais frequentes, o que resultaria em um maior número de acidentes, reduzindo a segurança em nossas vias públicas”, disse.

COMMENTS