Aumenta restrição de caminhões em São Paulo

Aumenta restrição de caminhões em São Paulo

Proibição vale para a Marginal Tietê e nove vias que formam o minianel viário; horários são das 4h às 10h e das 16h às 22h

Caminhoneiros ameaçam nova paralisação e Petrobras anuncia preço fixo do diesel
Câmara analisa projeto que obriga impressão da placa na cobertura de caminhões baú
Competição “Melhor Motorista de Caminhão do Brasil” alcança 16 mil inscrições

A prefeitura da cidade de São Paulo anunciou a restrição da circulação de caminhões na Marginal Tietê e nove vias que formam o minianel viário. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), esta foi a solução encontrada para forçar o transporte de cargas a utilizar o Rodoanel. Estima-se que as vias com restrição terão um ganho de 20% na velocidade média. Desta forma, a restrição valerá das 4h às 10h e das 16h às 22h, a partir de 11/12, em caráter educativo.

Nas próximas semanas serão colocadas faixas nas vias para orientar os motoristas. Após um mês, a medida entra em vigência. As multas começarão a ser aplicadas depois desta etapa.
Será ampliada em duas horas a restrição adotada em outubro do ano passado na Marginal Pinheiros, na avenida dos Bandeirantes e em outras vias da zona sul. Nestes locais, a proibição passará a ser das 4h às 22h (atualmente é das 5h às 21h). Vias paralelas à Marginal do Tietê que poderiam ser utilizadas como caminhos alternativos para caminhões, também estarão vetadas para o transporte de carga.

Continuam fora das restrições os Veículos Urbanos de Carga (VUCs) e caminhões que transportam, por exemplo, materiais perecíveis. A companhia ainda pretende incluir mais vias da zona norte da cidade na lista de locais restritos.

COMMENTS