Veloce Logística divulga inventário de emissões de gases de efeito estufa

Veloce Logística divulga inventário de emissões de gases de efeito estufa

Empresa é uma das 77 do País a registrar publicamente resultados de emissões

Dnit impõe novas regras para circulação de cargas especiais em rodovias federais
JAC Motors entra na briga pelo segmento de caminhões leves
Sachs lança mancal de embreagem para caminhões e ônibus Volvo

A Veloce Logística divulgou recentemente seu inventário de emissões de gases de efeito estufa no Programa Brasileiro GHG Protocol, a metodologia mais utilizada mundialmente para medir e gerenciar as emissões. Em todo o Brasil, somente 77 empresas, englobando todos os segmentos da economia, registraram seus inventários nesse programa até o momento.

“Entendemos que, como operadores logísticos, devemos saber exatamente qual o passivo ambiental que geramos, divulgar esse dado de forma transparente e tomar medidas concretas para reduzir esses impactos, possibilitando a melhoria do desempenho ambiental da empresa e do setor”, afirma Paulo Roberto Guedes, diretor-presidente da Veloce.

A empresa registrou a emissão de 51,8 mil toneladas de gás carbônico equivalente (CO²) no ano passado. A medição das emissões levou em conta as operações diretas de logística, o consumo de energia elétrica nas unidades da empresa, o impacto gerado na produção de todos os materiais consumidos pelos funcionários e até o volume de poluentes emitidos por automóveis e aeronaves nas viagens de executivos a trabalho.

Um grupo formado por gestores de diversas áreas da Veloce está buscando um planejamento visando à redução do volume emitido.

O registro do inventário de emissões faz parte do Sistema de Gestão para a Sustentabilidade (SGS) da Veloce. Também dentro desse sistema, a empresa está recebendo as certificações de qualidade e ambiental ISO 9001 e ISO 14001.

COMMENTS