Projeto de Lei propõe acabar com infração comprovada por lombada eletrônica

Deputado Laercio Oliveira (PR-SE), autor da proposta, alega reduzir denúncias de corrupção

Comissão aprova instalação obrigatória de detector de combustível adulterado em veículos
Câmara invalida multas aplicadas por equipamento em desacordo com as regras do Contran
Câmara aprova pontos de apoio para motoristas em rodovias federais

A Câmara dos Deputados está analisando o Projeto de Lei 1120/11, do deputado Laercio Oliveira (PR-SE), que propõe proibir comprovar a infração de trânsito por lombada eletrônica. O projeto altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

O parlamentar alega que a proliferação das lombadas eletrônicas ao longo das vias veio acompanhada de graves denúncias de corrupção.

De acordo com o texto da proposta, a infração deverá ser comprovada por declaração da autoridade ou do agente da autoridade de trânsito, por meio de aparelho eletrônico ou equipamento audiovisual (exceto lombada eletrônica), reações químicas ou qualquer outro meio tecnologicamente disponível, previamente regulamentado pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

A proposta tramita em caráter conclusivo será analisada pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Com informações da Agência Câmara de Notícias

COMMENTS