Panalpina passará a operar com aviões maiores em 2012

Acordo foi acertado entre a empresa e a Atlas Air, que já opera as aeronaves da companhia

Xiamen Airlines adquire centésimo avião da Boeing
Delta Airlines firma acordo para a compra de 20 aeronaves Bombardier
Aeronave ultraleve movida a luz solar dará volta ao mundo

A Panalpina e a Atlas Air acabaram de assinar um contrato envolvendo duas aeronaves Boeing 747-8F, tripulação, manutenção e seguro (ACMI). Os aviões iniciarão seus serviços no primeiro semestre de 2012. Eles irão operar na rede própria da Panalpina e substituirão os dois Boeing 747-400F que são utilizados atualmente.

O novo cargueiro tem capacidade de transportar um volume de carga 16% maior que o seu antecessor. Com isso, a empresa espera que tenha melhor desempenho em carga útil e, com isso, melhore também a eficiência de combustível. Segundo Matthias Frey, chefe global da Rede Própria Controlada de Frete Aéreo da Panalpina, o custo total por tonelada/milha e impacto ambiental” também sofrerão redução.

Em outros números, o 747-8F é 5,6 metros mais longo que o 747-400. São 120 metros cúbicos a mais, que acomodam mais quatro pallets no andar principal e três no andar inferior. No total, o volume de carga aumentou para 833 metros cúbicos.

A carga útil máxima dessa nova aeronave é de 139 toneladas – 20 a mais que no modelo antecessor. Para aumentar a eficiência, a carga no Boeing 747-8F pode ser carregada e descarregada através do nariz e das portas laterais do avião.

COMMENTS