Cresce número de voos particulares no Brasil

Bahia é o estado que lidera o ranking dos destinos dos voos, seguido por São Paulo

ARTESP abre consulta pública para concessão de cinco aeroportos
Airbus mostra cargueiro Beluga XL pela primeira vez
Embraer inicia fabricação do protótipo do jato executivo Legacy 450

Um levantamento feito pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) revela que o número de voos em aeroportos particulares homologados cresceu 10%. O aumento de decolagens em jatos executivos com destinos autorizados nos sete primeiros meses desse ano foi maior que todo o ano de 2010.

“Em sete meses, já temos um índice de crescimento representativo em relação a todo o ano passado, o que mostra que o mercado de aviação executiva, assim como o civil, está em expansão com cada vez mais procura e demanda”, comenta Ricardo Gobbetti, presidente da Global Aviation, detentora da maior frota de aviação executiva no País.

O estado da Bahia lidera o ranking dos destinos desses voos, seguido por São Paulo, que apresentou taxa de crescimento de 45,8%. Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão e Goiás também estão na lista. Argentina e Itália são dois países que figuram no ranking, com média de 10 a 15 viagens por ano.

COMMENTS