Columbia, Elog e EADI SUL adotam nova marca

Columbia, Elog e EADI SUL adotam nova marca

Parte do grupo EcoRodovias, "nova" empresa já faturou R$ 169 milhões somente em 2011

Ecorodovias faz aquisição de duas empresas por R$ 15 milhões
Elog comemora ganhos de eficiência com reestruturação
Porto Seco de Uruguaiana (RS) recebe investimentos para reforçar segurança

As empresas Elog, Columbia e EADI SUL se uniram e passam a adotar um único nome definitivo. O escolhido foi “Elog“, que também foi adotado como identidade de marca corporativa. Com essa unificação, todas as 17 unidades de negócio, presentes nas regiões sudeste e sul, deixarão de usar as outras expressões. 

Com quase sete décadas de experiência, a “nova” empresa nasce com mais de 2 mil funcionários diretos. De acordo com Luis Opice, presidente da Elog, a mudança “simboliza a nova era que essa senhora de 69 anos vai viver daqui para frente. Vamos fazer plásticas para que ela se torne uma moça mais atrativa para o mercado”.

A companhia, que faz parte do Grupo EcoRodovias, faturou R$ 286 milhões em 2010. Somente no primeiro semestre desse ano, o valor do faturamento chegou a R$ 162,9 milhões. No mesmo período do ano anterior, esse valor foi de R$ 127,8 milhões. Isso representa um crescimento de 27%. “Queremos aumentar o nível de negócio dos clientes e sermos reconhecidos”, afirmou Opice.  

Estrutura 

Atualmente, a área que a Elog detém destinada ao comércio exterior é de cerca de 360 mil metros quadrados, nas plantas de Cubatão e Imigrantes (SP). Até o fim do ano, esse número irá crescer, devido aos investimentos na ordem de R$ 182 milhões.

Em Viracopos, no interior de São Paulo, uma área de 200 mil metros quadrados será implantada. Em Cubatão, mais 65 mil metros quadrados se juntarão aos atuais 293. Nas demais instalações, outros espaços também passarão a ser dedicados à importação e exportação de mercadorias. “Serão cerca de 410 mil novos metros quadrados para o comércio exterior”, ressalta Opice.

 

COMMENTS