Cummins Filtration vai fornecer Arla 32 para o mercado brasileiro

Cummins Filtration vai fornecer Arla 32 para o mercado brasileiro

Produto será comercializado sob a marca Fleetguard e estará disponível em embalagens de 4, 10 e 20 litros, tambor de 200 litros e tanque descartável de 1000 litros. Empresa promete distribuição em postos de serviços e transportadoras

Iveco traz linha premium de extrapesados com o novo Stralis Hi-Way
Demanda atrai produtores de peso para o Arla 32
Scania já vendeu 2.200 caminhões Euro 5

A Cummins Filtration entrará para o promissor mercado de Arla 32, Agente Redutor Líquido Automotivo, solução com ureia que será utilizada como aditivo nos novos motores diesel Proconve P7 e Euro 5, obrigatórios a partir de 1º de janeiro de 2012. A adição do Arla 32 viabiliza a tecnologia SCR de redução de emissão de poluentes, como o óxido nitroso, na queima do diesel pelos caminhões e ônibus e a empresa produzirá o líquido para todo o mercado brasileiro e sul-americano a partir de novembro.

O Arla estará disponível em embalagens de 4, 10 e 20 litros , tambor de 200 litros, tanque descartável e de plástico de 1.000 litros, além de opções a granel para grandes frotas. Segundo a Cummins Filtrations, uma estratégia de disponibilidade e distribuição foi desenvolvida para atender à demanda em diversas cadeias de suprimentos.

Opções de serviços em postos de abastecimento de combustíveis, paradas de estradas e frotistas, distribuidores de motores e peças e concessionárias de montadoras são alguns pontos de venda desta estratégia que proporcionarão a adequada cobertura geográfica. “A ideia é iniciarmos de maneira similar à distribuição de aditivos e anticorrosivos e lubrificantes em geral, migrando gradualmente para um focoamplificado nos pontos de vendas de combustíveis. A evolução de consumo será rápida e a abrangência regional”, diz Marco Rangel, diretor gerente Geral da Cummins Filtration para América do Sul.

A Cummins Filtration está no mercado brasileiro de filtros para veículos comerciais a diesel, líquidos de arrefecimento e desenvolvimento de novas tecnologias desde 1994, com mais de 2000 produtos.

O Arla 32, integrado com a tecnologia que será utilizada para atingir as metas de emissões do Proconve P7, SCR (Redução Catalítica Seletiva), além de reduzir os óxidos de nitrogênio, possibilita melhor consumo de combustível. A tecnologia SCR também permite que o motor seja totalmente otimizado em seu desempenho, adequando-se a nossa necessidade regional.

Para veículos diesel dotados da tecnologia Euro 5, a Cummins Filtration estima um consumo entre 5% e 7% em relação ao diesel usado devido ao ciclo de emissões e as tecnologias aplicadas, com pequena variação em relação ao ciclo operacional e a classe do veículo. A Cummins  monitora o uso do Arla 32 por meio de sistemas de alerta integrados de diagnóstico (OBD – On Board Diagnose), sensores medem a quantidade e qualidade da redução de poluentes e alertam por meio de sistemas  no painel do veículo.

Segundo a fabricante, o Arla 32 terá custo competitivo em relação ao combustível e seu manuseio é completamente seguro, já que se trata de um produto não-tóxico, não-poluente e não-inflamável.

COMMENTS