Iveco expande participação na Colômbia

Plano contempla ampliar a representatividade comercial da marca fora do eixo Brasil-Argentina-Venezuela

Solví testa em São Paulo caminhão VW movido a 100% gás natural
Unidade móvel da Deb’Maq planeja retomar atividades a partir do Paraná
Veículos sem licenciamento há mais de dez anos poderão ser excluídos do registro Denatran

Dando continuidade ao reposicionamento da marca nos vários países da América Latina, a Iveco inaugurou nesta quarta-feira (8/6), em Bogotá, na Colômbia, as novas instalações da Eurotrans, sua representante oficial no país.

A estratégia de fortalecimento começou em 2009, com o relançamento da Iveco no Chile, seguido de eventos idênticos no Uruguai e Peru.

“O objetivo é termos uma marca forte na região e aumentar a importância dos mercados andinos para a Iveco”, diz Marco Mazzu, presidente da Iveco Latin America.

Somente 3% das vendas da montadora na região latino-americana acontecem fora do Brasil, Argentina e Venezuela, mas, segundo a projeção da marca, podem logo representar de 5% a 6% do total. A expectativa é vender, no médio prazo, 4.000 veículos nestes países, contra cerca de 800 comercializados hoje.

“Nosso próximo passo é o mercado equatoriano, onde devemos iniciar atividades até o final de 2011”, indica Natale Rigano, diretor-geral da Iveco na Argentina e responsável pelo desenvolvimento da marca nos mercados andinos.

A Iveco espera vender 300 unidades já este ano na Colômbia e outros 1.000 em 2012. O país é o terceiro maior mercado de veículos comerciais e de transporte de passageiros da América Latina (depois de Brasil e Argentina), com uma previsão de cerca de 30.000 unidades em 2011, entre caminhões e ônibus.

COMMENTS