Iveco expande participação na Colômbia

Plano contempla ampliar a representatividade comercial da marca fora do eixo Brasil-Argentina-Venezuela

Vendas de caminhões recuam 18% no ano e amenizam quedas expressivas em 2012
DNIT inicia processo de contratação do novo Plano Nacional de Pesagem
Trecho Sul do Rodoanel completa dois anos com movimento recorde

Dando continuidade ao reposicionamento da marca nos vários países da América Latina, a Iveco inaugurou nesta quarta-feira (8/6), em Bogotá, na Colômbia, as novas instalações da Eurotrans, sua representante oficial no país.

A estratégia de fortalecimento começou em 2009, com o relançamento da Iveco no Chile, seguido de eventos idênticos no Uruguai e Peru.

“O objetivo é termos uma marca forte na região e aumentar a importância dos mercados andinos para a Iveco”, diz Marco Mazzu, presidente da Iveco Latin America.

Somente 3% das vendas da montadora na região latino-americana acontecem fora do Brasil, Argentina e Venezuela, mas, segundo a projeção da marca, podem logo representar de 5% a 6% do total. A expectativa é vender, no médio prazo, 4.000 veículos nestes países, contra cerca de 800 comercializados hoje.

“Nosso próximo passo é o mercado equatoriano, onde devemos iniciar atividades até o final de 2011”, indica Natale Rigano, diretor-geral da Iveco na Argentina e responsável pelo desenvolvimento da marca nos mercados andinos.

A Iveco espera vender 300 unidades já este ano na Colômbia e outros 1.000 em 2012. O país é o terceiro maior mercado de veículos comerciais e de transporte de passageiros da América Latina (depois de Brasil e Argentina), com uma previsão de cerca de 30.000 unidades em 2011, entre caminhões e ônibus.

COMMENTS