São Paulo recebe primeiros ônibus movidos a etanol do Brasil

São Paulo recebe primeiros ônibus movidos a etanol do Brasil

Dez unidades foram entregues nesta quinta-feira (26/5) em cerimônia no Anhembi; veículos já estão circulando

Governo anuncia nova regra para estoque de biodiesel
Consumo de combustível no Brasil cresceu 5,2% em 2014
Petrobras estuda revisar a frequência de reajustes de preços de combustíveis

Os dez primeiros ônibus movidos a etanol do Brasil foram entregues oficialmente nesta quinta-feira (26/5), em evento realizado no Anhembi, em São Paulo. As unidades já estão circulando na capital paulista, e até o final de julho, outros 40 entrarão em operação. Foram investidos cerca de R$ 20 milhões na aquisição dos veículos.

A iniciativa para melhorar o ar da metrópole é uma parceria entre a prefeitura, a Universidade de São Paulo, o Grupo Metropolitana de transporte urbano e uma série de empresas. Os veículos são fabricados pela Scania a partir de um projeto da USP e encarroçados pela Caio. O etanol é produzido e distribuído pela Única e a Raizen.

“Espero que esse maravilhoso exemplo seja seguido por muitas outras cidades do Brasil. Na Europa, cidades como Estocolmo [Suécia] já adotaram a frota verde de ônibus e obtiveram ótimos resultados”, disse o presidente da Scania, Sven Antonsson, durante a cerimônia.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, também esteve na entrega e ressaltou a importância do combustível de cana-de-açucar. “Etanol é um diferencial brasileiro, uma alternativa que precisa ser explorada ainda mais, para o bem estar de todos. Em pouco tempo teremos centenas de ônibus movidos a etanol circulando por São Paulo”, declarou.

Importância do veículo

Além de emitir até 90% a menos de CO2 (dióxido de carbono) que os demais ônibus convencionais, o veículo é a única tecnologia disponível comercialmente capaz de atender rapidamente à Lei de Mudanças Climáticas do Município de São Paulo, que, dentre outras exigências, prevê a redução de 30% das emissões de gases do efeito estufa até 2012 e a adoção de todos os veículos de transporte público alimentados a combustíveis 100% renováveis até 2018.

Todos os dias circulam cerca de 15 mil ônibus movidos a óleo diesel na cidade. Se todos esses veículos fossem movidos a etanol, o impacto seria equivalente a uma frota de 3 mil ônibus convencionais.

O modelo do ônibus é o K 270 4×2, equipado com motor de 9 litros e 270 cv de potência. O propulsor é alimentado com um etanol especial, que recebe a adição de 5% de aditivo para obter melhor combustão. A tecnologia também atende a nova legislação ambiental Proconve P7 (Euro 5), que entra em vigor no Brasil em 2012.

Os veículos já estão realizando os trajetos das linhas 577T/10 (Jardim Miriam-Vila Gomes); 509M/10 (Jardim Miriam – Terminal Princesa Isabel) e 6358/10 (Jardim Luso – Terminal Bandeira).

COMMENTS