Diretor do DNIT afirma que órgão não tem verba para modernizar rodovias

Luiz Antônio Pagot explicou que para modernizar os 56 mil quilômetros de estradas, são necessários R$ 30 bilhões anuais durante oito anos; atualmente, o DNIT conta com R$ 10,3 bilhões

Obras na ponte da BR-267 que liga SP a MT devem ser concluídas em dezembro de 2012
Quatro estados têm rodovias interditadas por causa de estragos causados pela chuva
Campinas (SP) adia votação sobre rodízio de veículos

De acordo com Luiz Antônio Pagot, diretor-geral do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o órgão não tem orçamento para modernizar as rodovias brasileiras. Segundo ele, para modernizar totalmente os 56 mil quilômetros de estradas, são necessários R$ 30 bilhões anuais durante um período de oito anos.  Porém, o orçamento disponível é de R$ 10,3 bilhões.

Além disso, o diretor, que participou de audiência pública na Comissão de Viação e Transportes sobre o andamento de obras em rodovias federais, afirmou que somente 15% das rodovias brasileiras estão em condições insatisfatórias, e que, neste semestre, será licitado um programa de reestruturação de 12 mil quilômetros de rodovias.

Na ocasião, Pagot também ressaltou que é difícil obter licenças para as obras, como as de rodovias que passam por patrimônio histórico, terras de quilombolas, indígenas e áreas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

“Muitas vezes, as licenças são suspensas por qualquer detalhezinho bobo. É uma caverna aqui ou uma movimentação de aldeia indígena ali. Até quando nós vamos conviver com isso?”, questionou.
Com informações da Agência Câmara

COMMENTS