Santos Brasil registra aumento de 30,8% na movimentação de contêineres no 1º trimestre do ano

Percentual representa volume de 226.999 contêineres movimentados; no período, Receita Líquida da companhia cresceu 49,6% frente ao primeiro trimestre de 2010, chegando a R$ 254,2 milhões

HTS Brasil conclui sistema de automação OCR no Libra Terminais
Hamburg Süd batiza seu maior porta-contêiner, em Cingapura
Porto de Paranaguá (PR) recebe equipamentos para movimentação de contêineres

A Santos Brasil registrou no primeiro trimestre de 2011 um aumento de 30,8% na movimentação de contêineres nos terminais Tecon Santos (SP), Tecon Imbituba (SC) e Tecon Vila do Conde (PA). Tal percentual representa a soma de 226.999 contêineres.

Também registraram crescimento os indicadores de produtividade da empresa. Por exemplo, o Tecon Santos bateu o seu próprio recorde: passou dos 54 MPH (movimentos por hora), registrados no primeiro trimestre do ano passado, para 60 MPH no mesmo período de 2011. Até o final deste ano, a companhia pretende atingir  a marca de 70 MPH.

No período, a movimentação dos contêineres cheios nos três terminais da companhia apresentou acréscimo da ordem de 23,8%. Os contêineres cheios de importação representaram 57% da movimentação de cargas de longo curso no trimestre.

Foram movimentados 52.187 contêineres nos Terminais Portuários operados pela Santos Brasil, o que representa um aumento de 49,8% em relação ao primeiro trimestre de 2010.

Já no segmento de Logística, a companhia somou 15.469 contêineres, armazenados, resultando em um crescimento de 4,6% ante ao trimestre em 2010.

Em operações de armazenagem alfandegada, a empresa registrou crescimento de 4,6% nos primeiros três meses de 2011.

Financeiro

No período, a companhia conseguiu um acréscimo de 87, 7% (R$ 102, 5 milhões) no EBITDA (lucro operacional antes de juros, impostos, depreciação e amortização), na comparação com o período de janeiro a março do ano passado.

A margem EBITDA foi de 40,3% e o EBITDA Recorrente, índice que não considera gastos com provisões de despesas não recorrentes, foi de R$ 107,2 milhões com margem de 42,1%, incremento de 96,9%, em relação ao primeiro trimestre de 2010.

Com isso, a Receita Líquida da Santos Brasil também cresceu frente ao primeiro trimestre de 2010, chegando a R$ 254,2 milhões, o que representa 49,6% de aumento ante aos R$ 169,9 milhões registrados nos primeiros três meses do ano passado. Entre janeiro e março de 2011, o Lucro Líquido Consolidado da companhia montou R$ 43,0 milhões, frente a R$ 4,8 milhões do ano anterior. Já a receita bruta consolidada apresentou expressivo crescimento de 51,2%, no primeiro trimestre de 2011, ante ao mesmo período em 2010.

COMMENTS