Grupo CCR registra crescimento de 24% no tráfego de veículos em 2010

No período, receita líquida da empresa avançou 22,2%, passando de R$ 3,089 bilhões para R$ 3,775 bilhões

IPVA Distrito Federal 2014
Consórcio de veículos no Brasil chega a 637,8 mil unidades no 1º quadrimestre do ano
Vendas de veículos caem quase 4% em novembro

O Grupo CCR registrou recorde de tráfego em suas rodovias em 2010. O movimento foi 24% maior que o obtido em 2009. Já o número de usuários do meio de pagamento eletrônico Sem Parar/Via Fácil expandiu-se em 38,2%, em relação a dezembro de 2009, atingindo 2,567 milhões de tags ativos.

“O ano de 2010 foi marcado pela recuperação da indústria brasileira, fato que impactou positivamente nosso negócio. Acreditamos que 2011 será muito promissor, com a realização de diversos projetos de infraestrutura por todo o País. Muitos destes terão a participação da iniciativa privada e estamos nos preparando para ser competitivos nos projetos de maior interesse para a companhia”, afirma o presidente da CCR, Renato Vale.

No ano passado, a receita líquida da CCR subiu 22,2%, passando de R$ 3,089 bilhões para R$ 3,775 bilhões. O EBITDA (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) subiu 17,8%, resultando uma cifra da ordem de R$ 2,258 bilhões. Já o lucro líquido do período sofreu retração de 5,2%, totalizando R$ 671,7 milhões.

Atualmente, o Grupo CCR é responsável por 2.437 quilômetros de rodovias da malha concedida nacional, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná, sob a gestão das concessionárias CCR Ponte (Rio-Niterói), CCR NovaDutra (Via Dutra), CCR ViaLagos (RJ-124), CCR RodoNorte (BR-227/BR-376/PR-151/BR-373), CCR AutoBAn (Sistema Anhanguera-Bandeirantes), CCR ViaOeste (Sistema Castello-Raposo), CCR RodoAnel, SPVias (Rodovias Integradas do Oeste) e Renovias.

COMMENTS