“Frota verde” da UPS chega a mais de 320 milhões de quilômetros percorridos

Empresa que já conta com 1900 veículos alternativos e estima que percorrerá mais 320 milhões de quilômetros até 2017

Estudo revela aspectos da utilização de óleo vegetal refinado como combustível
BR 163 tem o diesel mais caro do país
Correios incorporam veículo elétrico em entrega de Sedex em Campinas (SP)

A UPS anunciou nesta semana que sua frota de veículos movidos a combustível alternativo já percorreu mais de 320 milhões de quilômetros desde 2000, o que equivale a quase três voltas em torno de Marte. Empresa ainda estima que sua “frota verde” percorrerá mais 320 milhões de quilômetros até 2017.

A companhia conta com mais de 1900 veículos alternativos e outros 62 veículos acabam de ser encomendados.

“A UPS opera com veículos movidos a combustível alternativo nos Estados Unidos, Canadá, França, Alemanha, Brasil, Reino Unido e Hong Kong,” observou Mike Britt, diretor de engenharia de veículos da UPS.  “A marca dos 320 milhões de quilômetros prova que uma série de veículos movidos a combustível e tecnologia alternativos são viáveis a longo prazo em vários ambientes de trabalho e por isso continuaremos expandindo a frota desse tipo de veículo”, ressalta.

Até agora, a companhia utiliza oito diferentes tecnologias de combustível alternativo, começando com Gás Natural Comprimido (GNC) e tecnologias de propano no final dos anos 1980. Os Veículos Elétricos Híbridos (VEH) foram incorporados à frota em 1998.

Em 2004 a UPS investiu pela primeira vez em veículos totalmente elétricos e também empregou o primeiro trator movido a gás natural liquefeito à sua frota. A empresa também utiliza caminhões movidos a Gás de Petróleo Liquefeito na Coreia e vem fazendo experimentos com tecnologias de híbridos hidráulicos e combustíveis de célula de hidrogênio.

No Brasil, os couriers circulam pelas principais capitais do País com veículos bicombustível, movidos a gasolina e etanol (carros “Flex”) ou a gasolina e a gás natural (GNV).

COMMENTS