Marcopolo fecha 2010 com crescimento de 42,3% na produção

Fabricante de ônibus teve receita líquida de R$ 2.964 bilhões ano passado. Programa de investimentos durante o período da crise econômica é considerado principal motivo de crescimento

AmstedMaxion fatura R$ 484 milhões em 2010
Retrospectiva 2010
Produção total de petróleo e gás da Petrobras foi de 2,6 milhões de barris em janeiro

A fabricante de ônibus Marcopolo fechou 2010 com uma produção de 27.580 unidades, 42,3% maior que a produção de 2009, e receita líquida de R$ 2,964 bilhões.

O diretor-geral da empresa, José Rubens de la Rosa, explica que o crescimento é resultado de um programa de investimentos de R$ 330 milhões, iniciado em 2008 e mantido durante a crise econômica mundial, se estendendo por 2009 e 2010.

“[Os programas] incluem o contínuo investimento em modernização e aumento de capacidade e de produtividade e a sua não interrupção durante a crise de 2008 e 2009. Quando a demanda retomou, principalmente no mercado brasileiro, estávamos prontos, com capacidade, mão de obra especializada e treinada e elevado nível de produtividade”, afirma o executivo.

Outra estratégia adotada pela fabricante ao longo da crise foi a de não reduzir o quadro de colaboradores, diminuindo a jornada de trabalho e formando banco de horas, para poder manter a mão de obra experiente. A medida ajudou a atender com rapidez a demanda que surgiu a partir do segundo semestre do ano de 2009.

“A crise ajudou a nos tornarmos mais competitivos e eficientes. Reduzimos o desperdício em cada uma de nossas operações, elevamos a produtividade e a velocidade de ‘fazer ônibus’, e, com isso, melhoramos nossa margem bruta (lucro operacional) em 2,3%”, diz Rubens.

Outros aspectos considerados importantes para o crescimento foram o fornecimento de cerca de 800 ônibus para a Copa do Mundo na África do Sul; o crescimento do PIB brasileiro e melhores condições de financiamento; e o lançamento bem sucedido da Geração 7 de ônibus rodoviários da empresa.

Parte do resultado também é proveniente da receita financeira das exportações e aplicações financeiras, do êxito em ações judiciais relativas a causas tributárias e do desempenho do Banco Moneo, criado com a finalidade de financiar os produtos da Marcopolo.

Operações Internacionais

Da produção total de 2010, 8.680 unidades (31,5%) foram fabricadas no exterior, e as operações internacionais registraram aumento de 52% sobre 2009. Nas exportações, foram 2.426 unidades comercializadas, com alta de 10,7% em relação ao ano anterior.

COMMENTS