Obras do Trecho Leste do Rodoanel devem começar em fevereiro

Obras do Trecho Leste do Rodoanel devem começar em fevereiro

Terceiro trecho terá custo total de R$ 4 bilhões. Consórcio vencedor da licitação tem 36 meses para concluir a obra

Transportadoras: sobrevivência na ponta do lápis
DAF ganha novos equipamentos na linha 2019
Mercedes-Benz enfatiza segurança e tecnologia na FetransRio

De acordo com o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, as obras do Trecho Leste do Rodoanel devem começar em fevereiro. O governo está apenas aguardando a assinatura do contrato com a concessionária vencedora da licitação para autorizar o início da construção, o que deve ocorrer até o dia 6 de fevereiro.

No caso, a obra será realizada pelo vencedor do leilão, o consórcio SPMar, que é formado por duas empresas do Grupo Bertin. A licitação prevê que o grupo ganhador construa a alça leste e arrecade o pedágio do Trecho Sul que – conforme as regras do leilão – cobrará um valor de cerca de R$ 2,20 seis meses depois da assinatura do contrato.

Para a construção do novo trecho do anel viário, serão necessários R$ 4 bilhões. Além disso, a empresa terá de investir mais R$ 1 bilhão no Trecho Sul. O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) poderá financiar até 70% do valor total, e o restante ficará por conta do consórcio. Além da quantia destinada às obras, a companhia terá de pagar R$ 370 milhões de outorga ao governo estadual e terá um prazo de 36 meses para entregar o trecho concluído após a assinatura do contrato.

O Trecho Leste terá 43,5 quilômetros de extensão, tendo início na interligação com o Trecho Sul, em Mauá, no Grande ABC Paulista. O término será na Rodovia Presidente Dutra, em Arujá. A nova parte do Rodoanel passará pelas seguintes cidades paulistas: Ribeirão Pires, Mauá, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Arujá.

O limite de velocidade será de 100 km/h, assim como nos Trechos Oeste e Sul. Também estão previstas a construção de 14 pontes, 66 passagens inferiores, 18 passagens superiores, dez passagens de veículos e quatro túneis.

Com informações da Agência Estado

COMMENTS