Iveco encerra 2010 na quarta posição do ranking das montadoras de caminhões do Brasil

Participação da marca no mercado de veículos de carga acima de 2,8 toneladas de Peso Bruto Total foi de 7,8%, número 57% superior ao registrado em 2009

Move Tracker traz tecnologia russa ao mercado de rastreamento brasileiro
Roberto Leoncini assume seu cargo na Mercedes-Benz
Mercedes-Benz inicia testes com caminhão elétrico pesado

A Iveco encerrou 2010 na quarta posição do ranking das montadoras de caminhões do Brasil. De acordo com os números do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), a participação da marca no mercado de veículos de carga acima de 2,8 toneladas de PBT (Peso Bruto Total) foi de 7,8%, o que representa 15.404 unidades e número 57% superior a 2009.

Um dos destaques de crescimento em 2010 foi o desempenho do modelo Iveco Tector entre os caminhões semipesados (entre 16 e 31 toneladas de PBT), que vendeu 2.160 unidades no ano e impulsionou a montadora a encerrar 2010 com 3.420 unidades comercializadas deste segmento, 84,4% mais que em 2009.

O segmento dos cavalos mecânicos de até 45 toneladas de peso bruto total combinado (PBTC) também foi destaque nos números finais. O Iveco Cursor alavancou as vendas da empresa no segmento para 1.065 unidades, 102,5% a mais do que o registrado em 2009.

“Considerando-se dezembro de 2010, apenas, a empresa conquistou 9,1% de participação de mercado. Temos nos mantido acima dos 9% nos últimos quatro meses e isso indica que estamos com uma boa velocidade de entrada em 2011”, afirma Antonio Dadalti, vice-presidente comercial e institucional da Iveco.

Em 2011, a marca passa a atuar em um segmento onde antes não tinha representatividade com o lançamento do caminhão médio Iveco Vertis.  Esta categoria corresponde a quase 20% do total de vendas do mercado.

COMMENTS