Dirigir fumando poderá ser considerado infração de trânsito grave

Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados pode penalizar motorista que esteja fumando enquanto dirige em multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na CNH

Câmara dos Deputados vai discutir direitos trabalhistas para o transporte de cargas
Projeto que impede motos de andar entre as faixas tramita na Câmara
Câmara analisa proposta que prevê devolução de IPTU e IPVA a vítimas de enchente e roubo

Fumar na direção de um veículo poderá se tornar infração de trânsito grave, de acordo com o Projeto de Lei 6731/10, que tramita em regime de prioridade na Câmara dos Deputados. De autoria do deputado Marçal Filho (PMDB-MS), o projeto prevê multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na carteira para o descumprimento da regra.

Dirigir apenas com uma das mãos, exceto quando mudar a marcha ou acionar equipamentos do veículo, já é considerado infração média, cuja penalidade é multa de R$ 85,13 e menos quatro pontos na carteira.

Mas o deputado argumenta que, além de impedir a direção com as duas mãos no volante, o ato de fumar também pode distrair o motorista, além de poder provocar efeitos como tontura.

Confira a íntegra do projeto: PL 6731-2010

Com informações da Agência Câmara de Notícias

COMMENTS