Dirigir fumando poderá ser considerado infração de trânsito grave

Projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados pode penalizar motorista que esteja fumando enquanto dirige em multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na CNH

Teste psicológico para motorista infrator é aprovado por comissão na Câmara
Câmara aprova registro de quilometragem percorrida do veículo no licenciamento
Projeto torna obrigatório cinto de segurança de três pontos em ônibus

Fumar na direção de um veículo poderá se tornar infração de trânsito grave, de acordo com o Projeto de Lei 6731/10, que tramita em regime de prioridade na Câmara dos Deputados. De autoria do deputado Marçal Filho (PMDB-MS), o projeto prevê multa de R$ 127,69 e perda de cinco pontos na carteira para o descumprimento da regra.

Dirigir apenas com uma das mãos, exceto quando mudar a marcha ou acionar equipamentos do veículo, já é considerado infração média, cuja penalidade é multa de R$ 85,13 e menos quatro pontos na carteira.

Mas o deputado argumenta que, além de impedir a direção com as duas mãos no volante, o ato de fumar também pode distrair o motorista, além de poder provocar efeitos como tontura.

Confira a íntegra do projeto: PL 6731-2010

Com informações da Agência Câmara de Notícias

COMMENTS