Vendas de caminhões e ônibus devem crescer 40% em 2010

De acordo com a estimativa, mercado pode encerrar este ano com 190 mil unidades vendidas. Tendência de crescimento deve continuar em 2011

Os astros de fevereiro
Registro RNTRC: adesivo não é mais obrigatório
Indústria mineira de aço compra caminhões Volkswagen

O mercado de caminhões e ônibus deve registrar crescimento de 40% neste ano, chegando a 190 mil unidades vendidas. A estimativa é do economista Ricardo Amorim. Número positivo para o setor é um reflexo de cenário favorável da economia brasileira.

“Além da previsão positiva para este ano, 2011 será de crescimento, que deve girar em torno de 10%. Em minha opinião, essa será a melhor década para a venda de caminhões e ônibus. O momento de se preparar para aproveitar as oportunidades é agora”, explica o economista.

Ainda de acordo com Amorim, a expansão do agronegócio nacional é uma oportunidade para a comercialização de caminhões. Outros setores da economia que necessitam de caminhões são o da construção civil, de metais, minerais e petróleo. Enquanto isso, as vendas de ônibus devem ser beneficiadas com o aumento do turismo no Brasil, enfatizando a Copa do Mundo em 2014 e as Olimpíadas de 2016.

COMMENTS