UNESP e Petrobras criam centro de pesquisas para o pré-sal

Parceria visa estudo de rochas pouco conhecidas pela indústria e meio acadêmico, que formam camada pré-sal e outros reservatórios petrolíferos do País

Petrobras firma associação para desenvolvimento de sistema integrado de distribuição de etanol
Pallets descartáveis são transformados em móveis e artesanato em Barueri (SP)
Gol firma acordo com Air France e KLM para expandir operações de transporte de carga

A Petrobras e a UNESP (Universidade Estadual Paulista) realizam nesta terça-feira (23) a inauguração do edifício UNESPetro (Centro de Geociências Aplicadas ao Petróleo), no campus de Rio Claro (SP). O centro atuará na formação de especialistas, e no desenvolvimento de estudos com ênfase em rochas carbonáticas, que formam a camada pré-sal e outros reservatórios petrolíferos brasileiros.

O UNESPetro é o primeiro complexo dentro de uma universidade brasileira com o objetivo de reunir as principais ciências que compõem a Geologia Sedimentar. Com dois mil metros quadrados de área útil, o centro é uma das iniciativas do SCTC (Sistema de Capacitação, Ciência e Tecnologia em Carbonatos), acordo firmado entre a Petrobras, a UNESP e outras quatro universidades, que visa avanços no conhecimento de rochas ainda relativamente pouco conhecidas pela indústria e pelo meio acadêmico.

A construção da UNESPetro teve investimentos de R$ 10,5 milhões para a construção do prédio e compra de equipamentos e mobiliário. Desse valor, cerca de R$ 9,2 milhões foram aplicados à Rede Tecnológica da Petrobras e R$ 1,3 milhão à contratação de professores e servidores técnico-administrativos da Universidade.

COMMENTS