Porto de Santos (SP) recebe primeiro porta-contêiner de 7,1 mil TEUs da Hamburg Süd

Embarcação, denominada Santa Clara, compõe frota de 10 porta-contêineres da companhia, direcionados para o mercado brasileiro

Marcopolo fornece 69 ônibus de dois andares para operadoras da Argentina
Veloce Logística leva sexto prêmio da GM em dois anos
Falha em sistema impede que caminhões atravessem fronteira

O Porto de Santos (SP) recebe nesta quarta-feira (10) o porta-contêiner Santa Clara, da Hamburg Süd, primeiro navio da nova classe da companhia, denominada Santa. A embarcação, com capacidade para transportar 7.100 TEUs por viagem, chega em Santos após passar por Itaguaí (RJ).

A classe de navios Santa foi direcionada pela Hamburg Süd para atender o mercado brasileiro, realizando serviços entre Ásia e Costa Leste da América do Sul. A frota contará com 10 embarcações, todas com a mesma capacidade, 7.100 TEUs.

De acordo com dados do mercado, a importação na Ásia tem crescido entre 15% e 20% nos últimos anos, impulsionado pelo aquecimento da economia brasileira e câmbio favorável. “O emprego de navios de grande capacidade na costa brasileira está a pleno vapor, principalmente, para acompanhar o crescimento do mercado mundial e atender a forte demanda do comércio”, ressalta o diretor-superintendente da Hamburg Süd, Julian Thomas.

O Santa Clara atenderá aos portos de Itaguaí (RJ), Santos (SP), Rio Grande (RS), Paranaguá (PR) e Buenos Aires, Argentina.

Os porta-contêineres da classe Santa estão sendo construídos no Daewoo Shipbuilding & Marine Engineering Co. Ltd. (DSME), na Coreia. As outras nove embarcações devem ser entregues ainda em 2011.

“A classe Santa é composta por navios de calado relativamente baixo (13,5 m), desenhados especialmente para operar em portos com limitações como os da costa brasileira”, explica Thomas. Os porta-contêineres também são os que oferecem a maior capacidade para transportar carga refrigerada, com 1.6 mil tomadas reefer.

Próxima publicação
Publicação anterior

COMMENTS