Usuários avaliam Projeto Cebolão como positivo, diz levantamento

Pesquisa realizada em julho afirma que mais de 80% dos motoristas afirmam que o fluxo de veículos na chegada à Capital paulista é ótimo ou bom

Justiça de SP mantém anulação de aumento de tarifas de pedágios
Senado aprova Lei que obriga construção de áreas de descanso para motoristas de caminhão
Artesp lista dez pontos de rodovias paulistas sujeitos a neblina intensa

Após seis meses da inauguração das obras do Projeto Cebolão, em São Paulo, a empresa Somar realizou uma pesquisa de opinião para ouvir o que os usuários da rodovia Castello Branco têm a dizer sobre as mudanças no complexo viário. Em geral, o Projeto foi avaliado como positivo.

Realizada em junho de 2010, a análise abordou 530 pessoas que trafegam na rodovia pelo menos uma vez por mês.  Mais de 80% afirmam que o fluxo de veículos na chegada à Capital é ótimo ou bom. Outro destaque é que 73% dos condutores de veículo de passeio e 78% dos motoristas de caminhão não destacaram nenhum ponto negativo no projeto.

A redução do pedágio do km 33 pela metade do preço foi aprovada por 70% dos usuários. Em relação ao trevo de Jandira, 90% dos entrevistados avaliaram as obras positivamente.

Obras e planos

Desenvolvido para amenizar o fluxo da Castello Branco, principalmente no trecho inicial, o empreendimento contempla a construção de mais uma ponte na chegada a São Paulo, com ajuste das faixas de acesso às marginais Tietê e Pinheiros, além da reformulação total do trevo de Jandira e Itapevi e a reconfiguração das praças de pedágio dos km 18, 20 e 33, com redução das tarifas de pedágio de até 57%.

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS