Em período de recuperação, Ferroeste amplia frota que opera entre Cascavel (PR) e Guarapuava (PR)

Visando à liquidação de dívidas e maior arrecadação, companhia ferroviária reformula diretoria, viabiliza reaproximação com a ALL e passa a operar em trecho paranaense com cinco locomotivas e 109 vagões

ALL abre inscrições para o Programa de Engenheiros 2011
ALL realiza movimentação recorde de carga no primeiro trimestre de 2012
ALL dará início ao transporte de biodiesel entre RS e PR ainda em agosto

Com o intuito de superar o momento de crise operacional e financeira, a partir do mês de agosto, a companhia ferroviária Ferroeste passa a operar com cinco locomotivas e 109 vagões no trecho entre os municípios de Cascavel e Guarapuava, ambos do Paraná. Antes, a ferrovia vinha funcionando com apenas duas locomotivas e 60 vagões. O balanço preliminar realizado pela nova diretoria da empresa apontou uma dívida de R$ 8,2 milhões, sendo R$ 5,8 já vencidos.

A ampliação da frota faz parte do plano de recuperação implementado pela nova diretoria. Além disso, foi estabelecida uma reaproximação com a ALL (América Latina Logística), concessionária do trecho Guarapuava-Porto de Paranaguá. Tal acordo aperfeiçoaria o transporte entre Cascavel (Ferroeste) e Paranaguá (ALL), as duas pontas da malha férrea que une o Porto ao Oeste do Paraná.

“A cada duas semanas será realizada uma reunião de trabalho, em Guarapuava, entre representantes das empresas, para acompanhar a evolução das operações conjuntas”, diz Neuroci Antonio Frizzo, presidente da Ferroeste. “Outra medida da diretoria, com o objetivo de equilibrar a situação econômico-financeira da ferrovia, é a possibilidade de fazer a manutenção das locomotivas e do material rodante nas oficinas próprias da empresa”, conclui.

Por: Victor José – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS